Printfriendly

CORTAR AS ASAS

A melhor opção para ensinar alguns truques para a Calopsita é corta-lhes as asas.
Esse método de condicionamento permite em primeiro lugar maior segurança. Um outro motivo para isso, é a tentativa de controlar as Calopsitas com seu instinto natural de voo, que é tão grande que supera muitas vezes o momento de alguns ensinamentos.
Uma vez que ela aprendeu a voar, é muito mais prazeroso e interessante do que atender a sua solicitação de subir no dedo ou ficar no ombro, por exemplo.
Lembre-se sempre que para ela, o ato de voar será sua lição principal! Sendo assim, o corte das asas logo no início dos ensinamentos abranda este instinto. Quero salientar que esta é apenas uma necessidade inicial, após ter conseguido seus objetivos com ela, nada impede que você deixe as asas crescerem para que ela voe normalmente.
Esta falta de percepção de voo permite que a ave fique condicionada a lhe acompanhar em ambientes que dificilmente seria possível se ela percebesse a sua capacidade de voar.
Para impedir que o pássaro voe, é preciso cortar algumas penas de voo. Essa medida permite que você lhe dê mais liberdade fora da gaiola, sem se preocupar o tempo todo com uma possível fuga. Outra vantagem é impedir que se choque contra uma parede ou janela, ou provoque algum acidente (como cair na água ou no fogo). O corte das penas não causa dor, embora não gostem muito. Fica muito mais fácil cortar as asas se você tiver ajuda de outra pessoa.
Pegue a Calopsita pelas costas, segurando firmemente, mas com cuidado, de modo que os pés fiquem para fora. Se ela tentar bicar, coloque o polegar em um lado e o dedo indicador do outro lado da cabeça, ou utilize uma luva de raspa de couro. Com cuidado estenda uma asa e com uma tesoura corte as penas primárias de voo, começando pela ponta da asa.
Corte aproximadamente a metade da pena, 7 ou 8 penas, de cada asa.
Ao podar as asas, preste atenção nas novas penas que estão vindo: elas ainda tem uma cobertura primária (camada de queratina) e por isso são diferentes. Tome cuidado para não cortá-las, pois elas irão sangrar. Caso isso aconteça, aperte a pena perto da pele com uma pinça e puxe-a. Com gaze, pressione o ferimento (o sangue pode gotejar), coloque um pouco de pó anti-hemorrágico (pó de café também é usado) ou band-aid e mantenha o pássaro quieto por alguns minutos, para que ele não bata as asas e reabra o ferimento.




Fonte: Manual para Criação de Calopsitas Mansas

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP